ASM pela limpeza de praias,
pelo surfe, pelo salvamento e
pela preservação ambiental

A Associação de Surf do Moçambique em parceria com a Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina – Fatma – e a Polícia Militar Ambiental/ SC promovem neste domingo, dia 26 de setembro, 2010, a partir das 8h, o Moçambique Day. Em função do Clean Up the World – programa lançado em 1989, pelo navegador australiano Ian Kiernan AO – Order of Australia – prêmio concedido a Ian pela representatividade do programa para a Austrália e para a humanidade, a ASM motivou-se em marcar essa data no calendário da instituição. “ Há anos, já vínhamos fazendo esse trabalho, mas temos muito que evoluir ainda, principalmente daqui pra frente, pelo fato de o Parque Estadual do Rio Vermelho – Paerv –  ter sido enquadrado no Sistema Nacional e Estadual de Unidades de Conservação, desde 2007.” , esclarece o presidente da Comissão Eleitoral da ASM Joani Félix.

A Praia do Moçambique, por enquanto, faz limite com o Paerv, e por ser área da Marinha – União -, ainda segue um processo de enquadramento da praia ao parque, assim como o Canto das Aranhas e a Ilha das Aranhas, ao norte da orla. “Chegou a hora das reais reivindicações”, finaliza Joani.

Agregando valor ao evento, a Fatma vai apresentar uma Cartilha do Parque Estadual do Rio Vermelho, ceder os mourões de pinus  e explicar às pessoas que vierem à praia como andam as movimentações referentes ao corte do Pinus – árvore exótica que passa por um processo de Manejo, para posterior retirada – e a restauração da mata nativa, o grande desafio.

Um surf -treino também está na programação, mas não pense que é só vir e treinar. “Aqueles que quiserem participar devem estar na praia a partir das 8h, fazer uma pré-inscrição gratuita e recolher lixo em três sacos disponibilizados pela organização do Moçambique Day. Na entrega desse material, a inscrição é oficializada e o surf-treino inicia após a lista fechar com 25 inscritos.” explica Reginaldo Daluz membro fundador da ASM – Gestão de Fundação 2003/06 – , retomando suas funções junto da entidade.

Duas escolas vão trazer seus alunos, pais e professores para um piquenique no parque e na praia também, participando das atividades programadas por elas. A Escola Expressão vai apresentar a capoeira, uma tenda de yoga e mais uma nutricionista, enquanto a Escola Dinâmica participará do surf – treino e efetivamente nas ações ambientais. Oficina de surf é outra opção aos presentes, coordenada pelos Surfistas de Cristo, primeira parceria da ASM na concretização da escolinha, via Projeto Escola Aberta.

Romeu Bruno e sua equipe de resgate estarão presentes para orientar e assessorar a ASM e demais salva-vidas civis, sobre como proceder com a concretização e implantação de um posto de salvamento, que até hoje não existe. “Morre uma média de 3 pessoas por temporada aqui. Isso quando a gente fica sabendo, porque são dados que não entram nas estatísticas, pelo fato de ainda não haver o salvamento. Mais aqueles que morrem e ninguém sabe, ou aparecem em outras praias vizinhas. A ASM que formar seu grupo de salvamento e atuar na praia, sobre a tutela da Marinha ou do Corpo de Bombeiros e para isso a assessoria do Romeu Bruno é indispensável, assim como a de todos salva-vidas civis da ilha e demais entidades ligadas ao salvamento aquático.”, salienta Emerson Miranda, jornalista voluntário da ASM e salva-vidas civil. “A Polícia Ambiental se prontificou em ajudar também, com a disponibilização de um trailer, para ser a primeira base do salvamento na Praia do Moçambique”, finaliza Miranda.

Pelo fato de a praia estar inserida num ecossistema muito sensível, e o lençol freático estar à flor da areia, o cuidado com o saneamento deve ser primordial. O posto ideal teria que ser auto-sustentável, ecológico e que não agrida a praia como acontece com os demais espalhados pelas praias da ilha. Infelizmente o poder público esqueceu da praia e do bairro que ela está inserida, o Rio Vermelho, mas iniciativas como essas servem para buscar a melhoria tão sonhada.

O MOÇAMBIQUE DAY é uma realização da Associação de Surf do Moçambique e parcerias da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina – Fatma – Polícia Militar Ambiental, Jet Resgate, Bullys, Hibisco Imagem Visual, Engenho Automóveis, Balzano Imóveis, The Box, Brisa do Mar, Skull, Nelson Wallback Corretor de Imóveis, Resinas Ilha Norte, Escola Expressão, Escola Dinâmica, Cine Point Vídeo, MB Surfboards, Constru.R´S Matérias de Construção, Pizzaria Rio Vermelho e Netuno Lavacar.

Divulgação waves.com.br, maurioborges.blogspot.com, associacaodesurfdomocambique.wordpress.com, clicorama.wordpress.com